terça-feira, 2 de maio de 2017

Pesquisa mostra crise tucana e força de Lula

Blog do Kennedy

Apontada pela mais recente pesquisa Datafolha, o crescimento do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) aconteceu devido à crise do PSDB, que sofreu desgaste com a Lava Jato. Bolsonaro também se beneficiou do fortalecimento de um segmento de extrema direita no país.

Os senadores Aécio Neves (MG) e José Serra (SP) e o governador paulista Geraldo Alckmin dificilmente conseguirão ser candidatos a presidente pelo PSDB por causa de acusações de corrupção. É provável que os tucanos tenham de apostar no projeto presidencial do prefeito João Doria e disputar com Bolsonaro esse eleitorado mais conservador.

A performance do ex-presidente Lula mostra a força do petista mesmo diante do imenso bombardeio da Lava Jato. O mau desempenho da economia e a baixa popularidade do governo Temer vitaminam Lula, que é visto por parte do eleitorado como um presidente que fez o Brasil crescer e gerar emprego.

Um comentário:

aluisio huenes de Oliveira disse...

Esta pesquisa mostra que os eleitores petistas nao ligam pra a corrupçao de lula isso mostra o fanatismo dos petistas ,diferente dos eleitores tucanos e de outros partidos que nao votam em candidatos que sao acusados de corrupçao, quanta diferença isso prova que nao somos cumplices das roubalheiras, deste pais, queremos que todos tucanos sejam presos e devolvam nosso dinheiro. O mais engraçado é que os petistas que elegeram temer reclamam da corrupçao, nem freud explica isso tenho vergonha de ver ou ouvir gente dizendo que votará no lula,uma coisa creio lula nao ganhará eleiçao em 2018 ainda temos a maioria dos brasileiros que nao apoia corruptos ,nesta pesquisa o teto do lualé 30 por cento seja quem for os adversários, esqueceram também de dizer que lula é o que tem mais rejeiçao , portanto mesmo que ele seja candidato nao irá nem pra o segundo turno, se o joao dória nao for candidato jair bolsonaro ganhará a eleiçao no primeiro turno, escreva ai.