quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Lei de Ângelo impede que Dagmar assuma Secretaria da Mulher

O feitiço virou contra o feiticeiro.

Ângelo em 2016 criou lei que impedia a nomeação de parentes para assumir cargos públicos por indicação do prefeito ou de seus pares.

Segundo o próprio Ângelo a lei foi vetada pelo prefeito Flaviano na época, mas os vereadores derrubaram o veto.

E não é que alguns meses depois, a mãe do vereador é nomeada para ser secretária municipal, indo de encontro ao que determina a Lei de seu próprio filho.

Ângelo tentou se justificar nas redes sociais alegando que sua lei vedava apenas a contratação de móveis e imóveis de parentes e afins, mas não demorou muito para que a própria rede social derrubasse tal argumento, mostrando na íntegra a lei de autoria do vereador.

4 comentários:

karol polskaun disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Espertalhão esse vereadorzinho.
Armou e se deu mal.

KS Apodi disse...

Que ironia, hein meu caro vereador

KS Apodi disse...

Que ironia, hein meu caro vereador

vilberto disse...

É sempre assim quem com ferro fere com ele será ferido