quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Prefeito vai multar secretários

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), vai multar os secretários que chegarem atrasados nos compromissos. Quem desrespeitar os horários dos eventos e reuniões vai ter que pagar multa de R$ 200 a cada 15 minutos de atraso.

Agora, os 22 secretários da nova gestão terão que ser pontuais. O valor arrecadado será destinado a um Fundo que será criado pela Secretaria dos Direitos Humanos e Cidadania. Posteriormente, o dinheiro será doado para instituições de caridade.

3 comentários:

Bruno Coriolano disse...



Jura gente vê João Dorian como um picareta, mas se você deixar o lado político (politiqueiro) de lado, vai ver que ele tem potencial para administrar. Se fizer na cidade de São Paulo, que se fosse um país seria uma das maiores economias do mundo, metade do que fez para si mesmo, enquanto empresário, os paulistanos vão desfrutar de grandes avanços.

Outro ponto importante é que ele está recebendo uma cidade em "condições de trabalho. Ele vai sim fazer uma ótima administração.

xico sousa disse...

Bruno sabe pouco do Doria. Lembra da gestão dele na Embratur? E a passagem dele no BNDES você lembra? Acorda, Bruno.

Bruno Coriolano disse...

Bem, acho que teremos que esperar para ver como ele faz a gestão da cidade de São Paulo, certo? Qual foi a ação dele? Ah, lembrei, ele está tentando fazer o serviço público da cidade funcionar. Isso é ruim?