sexta-feira, 17 de março de 2017

Apenas 5 Vereadores votaram a favor para se cumprir a Lei do Nepotismo em Apodi

A Lei Nº 1.072/2016 que trata sobre Nepotismo em Apodi tão falada no início do ano, ao que parece vai cair no "esquecimento". Pelo que o blog apurou apenas cinco vereadores votaram a favor de criar a Lei do Nepotismo em nossa cidade.

O que é nepotismo? Num rápido passeio pelo dicionário colhemos duas definições bem objetivas. Uma, que remonta à origem do próprio vocábulo, ou seja, seu aspecto etimológico/semântico. Outra, atualiza-no sobre sua prática nos dias contemporâneos.

Vamos lá.

Nepotismo é um substantivo masculino. Trata-se da “autoridade exercida pelos sobrinhos ou demais parentes do papa na administração eclesiástica”.

Nepotismo hoje em dia é identificado como “favoritismo para com parentes, especialmente pelo poder público.”

Apesar disso, insisto: continuará sendo nepotismo por fundo semântico, etimológico e principalmente de ordem ética. Mais do que uma hipotética transgressão jurídica, é um crime moral – que fere os costumes.

A grande maioria dos políticos brasileiros, por formação e por sua cultura de esperteza, não consegue entender isso e não aceita que a coisa pública seja realmente pública, do povo, pelo povo e para o povo.

Daí, particularmente, me revelo cada dia mais descrente com a política e com o político do meu país.

Ainda bem que temos valiosas exceções, que precisam ser aplaudidas, exaltadas e incentivadas. Mas são exceções.

Nota do blog: Na semana, trarei mais detalhes sobre o assunto.

Um comentário:

xico sousa disse...

Outra Lei? Já existe uma de autoria do vereador Ângelo Suassuna que se encontra em vigor.